Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

3 coisas que você precisa saber sobre gerenciamento de TI

3 coisas que você precisa saber sobre gerenciamento de TI

Nesse cenário de competitividade, inovação tecnológica e ritmos de produção acelerados, cada vez mais empresas têm investido na gestão de tecnologia da informação (TI) para planejar e organizar seus processos logísticos e administrativos.

Mas mesmo empresários com experiência podem desconhecer como a gestão de TI funciona na prática, esquecendo-se de que é preciso um profissional com qualificação e formação específica para assumir essas tarefas dentro de uma empresa.

Se você tem dúvidas sobre o assunto, este post é para você! Elencamos a seguir 3 coisas que você precisa saber sobre o gerenciamento de TI em uma organização. Confira abaixo!

Gerenciamento de TI como necessidade

Atualmente, quase todas as atividades, inclusive as tarefas cotidianas, são influenciadas pelo fluxo de informações. Seja nas compras online, internet banking ou em banco de dados das plataformas do governo, tudo passa por transformar grandes volumes de dados em informações aproveitáveis.

Uma equipe de TI capacitada atua tanto na administração da infraestrutura dos ambientes informatizados quanto nos processos logísticos, gerenciando redes, softwares e bancos de dados e integrando todos os departamentos de uma organização.

Isso proporciona, por exemplo, aumento na qualidade dos serviços prestados, corte de despesas operacionais, mais produtividade, cumprimento dos prazos de SLA (Service Level Agreement), entre outras coisas.

É por isso que, com a facilidade de conexão à internet, a TI deixou de ser um investimento específico das empresas do ramo tecnológico e passou a ser uma necessidade para toda a sociedade.

Uma boa gestão requer bons profissionais

Muitos empresários acreditam que qualquer profissional com conhecimentos avançados em informática e sistemas pode atuar no gerenciamento de TI. Isso não é verdade.

Como explicamos acima, a TI envolve muito mais fatores além da infraestrutura tecnológica, como comunicação e integração entre setores (e até da empresa com o cliente), planejamento estratégico, segurança da informação e produção de análises e relatórios específicos, por exemplo.

Dessa forma, o mais indicado é contratar um profissional com graduação em gestão de tecnologia da informação, garantindo sua capacitação para lidar tanto com tecnologia quanto com gestão de negócios. Além disso, também é comum ver empresas contratarem gestores de TI com formação superior em análise de sistemas, sistemas da informação e ciências da computação.

Atualmente, as principais certificações exigidas pelas empresas ao contratar um profissional de TI são ITIL Foundations e Cobit para gestão; Cisco Certified Network Associate (CCNA Routing and Switching) para redes; MCSA, MCSE, especialista Microsoft VMware  Professional especialista em virtualização .

Não se trata apenas de tecnologia

Muito além do conhecimento técnico sobre máquinas e redes, um gestor de TI deve saber lidar com pessoas! Isso porque cabe a ele articular a sua equipe e os diversos setores da empresa, criando um bom entendimento dos problemas a serem resolvidos.

Assim, espera-se que os gestores de TI tenham facilidade com relações interpessoais, mediação de conflitos (por mais unida que seja a sua equipe de trabalho, ela vai se desentender em algum momento!), pensamento estratégico, proatividade e, principalmente, capacidade de liderança.

É claro que isso também demanda atenção da empresa, com o fomento de uma cultura de gestão da tecnologia para o funcionamento interno e externo da organização. Dessa forma, sua equipe alia o pensamento estratégico à importância da tecnologia para o sucesso dos negócios.

Gostou das dicas? Ficou interessado no assunto? Confira neste post alguns princípios e ferramentas essenciais para um bom gerenciamento de TI!