Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

3 dicas para elaboração do planejamento anual do setor de TI

3 dicas para elaboração do planejamento anual do setor de TI

A tecnologia é considerada por muitos especialistas uma das principais ferramentas de inovação no ambiente corporativo. Por meio dela, processos internos são otimizados, custos são reduzidos e novos serviços podem ser prestados. Dessa forma, a empresa pode aumentar a competitividade e a presença de mercado.

Nesse cenário, o planejamento anual é fundamental para a implementação de uma estratégia de TI de sucesso. O gestor de TI deve estar preparado para planejar investimentos, manutenções e possíveis trocas de equipamentos. Se você quer saber mais sobre como isso pode ser feito, leia o nosso post de hoje!

Planejando o investimento em TI com eficiência

Empresas trabalham em ciclos. E como atividades simples podem causar grandes prejuízos, a compra de um simples clipe de papel deve ser planejada com antecedência. O mesmo vale para o setor de tecnologia corporativa.

Você deverá avaliar rotinas e sistemas regularmente em busca de melhorias. Também é necessário que o planejamento anual de TI seja feito com foco na otimização de processos e de toda a cadeia produtiva da companhia. Dessa forma, a tecnologia se integrará aos processos operacionais da empresa, tornando-se parte do processo de criação de produtos e prestação de serviços.

Acompanhe agora as principais dicas para criação de um planejamento anual de TI:

1- Atualize-se sobre as mudanças do mercado

Uma das principais características da tecnologia é a sua dinâmica rápida e flexível. Em poucos meses, setores inteiros são renovados com novos equipamentos e peças. São mudanças que modificam a forma como lidamos com jogos, filmes e ferramentas de produtividade.

Com o conhecimento de futuros lançamentos e produtos futuros, os técnicos poderão escolher melhor os próximos itens a serem adquiridos. Além disso, a atualização de computadores, tablets e softwares (processos conhecidos pelos seus altos custos) poderá ser feita com custos menores.

2- Conheça a fundo o funcionamento de diversos setores

Todos os setores de uma empresa possuem especificidades. Um time de desenvolvimento de software, por exemplo, necessita de máquinas diferentes das que são utilizadas pelo setor de recursos humanos.

Nesse cenário, conhecer como trabalham as diferentes equipes da empresa será essencial para que você possa planejar melhor os investimentos. Você também será capaz de identificar os pontos de melhoria e vulnerabilidades na estrutura interna da empresa.

3- Saiba quais são os pontos fortes e fracos ligados ao seu trabalho

Antes de planejar, os times devem buscar identificar os pontos fortes e fracos de toda a operação de TI. Dessa forma, as estratégias que serão adotadas com o novo plano de TI terão uma abordagem mais abrangente e precisa. A definição de medidas corretivas será embasada em metas reais e fáceis de serem cumpridas. Com isso, as equipes poderão trabalhar mais e melhor.

Melhorando cadeias produtivas de ponta a ponta

O plano de TI deve ser visto como algo que vai além de um simples documento. Ele é uma ferramenta de alinhamento de estratégias e expectativas.

Dessa forma, o planejamento das estratégias de TI deve tomar com base o desempenho da tecnologia nos anos anteriores.

Quando você é capaz de identificar a performance de seu time e consegue projetar melhor os próximos passos a serem tomados, a TI pode servir como um importante apoio às suas decisões. Ela deixa de ser um ativo caro para tornar-se um suporte ao crescimento da empresa e do seu market share.

E você, como elabora o planejamento anual do setor de TI da sua empresa? Deixe um comentário!