Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

4 dicas de como economizar no setor de TI da sua empresa

4 dicas de como economizar no setor de TI da sua empresa

Em tempos de crise, reduzir custos é essencial para manter a competitividade e conquistar lucros. E uma das áreas onde podemos atuar prevenindo custos desnecessários é o setor de TI. A manutenção preventiva dos equipamentos deve ser uma das estratégias chave para manter os ativos de TI da empresa sempre em funcionamento.

Mesmo que vez ou outra seja necessário a troca de peças ou de equipamentos, realizando a manutenção preventiva será possível reduzir custos sem afetar a produtividade no ambiente de trabalho.

Veja abaixo algumas dicas de como economizar no setor de TI e mantenha a eficiência dentro da empresa!

Examine o que é necessário e o que não é

Quando for comprar novos equipamentos, certifique-se de rever suas exigências de manutenção preventiva junto à sua equipe interna de Tecnologia da Informação. Você deve confirmar que toda manutenção preventiva sugerida será realmente necessária para evitar que o equipamento seja induzido à falha devido ao manuseio excessivo.

Isso porque as manutenções preventivas devem seguir uma periodicidade de acordo com o tempo de uso de cada equipamento para que os custos de realizá-las também sejam atrativos.

Escolha o tempo adequado para realizar a manutenção

A manutenção preventiva deve ser agendada de acordo com as necessidades específicas da sua programação de produção. Dessa forma, você deverá retirar equipamentos para manutenção em um momento que não afetará a eficiência na empresa. O ideal é trabalhar em uma escala por setor, sempre nos momentos em que este não estiver trabalhando.

Treine sua equipe

Treine sua equipe para que saiba como utilizar os equipamentos no dia a dia, de forma a prevenir possíveis falhas. Assim, você maximiza a eficiência do trabalho na empresa, além de aliviar o peso de realizar todas as manutenções do seu setor interno de TI, que poderá se dedicar mais às atividades do core business da companhia.

Algumas atividades que podem ser realizadas rotineiramente para prevenir falhas são:

  • Avaliar a real necessidade dos programas instalados para a realização do trabalho;
  • Manter o monitor, teclado e periféricos em geral limpos;
  • Reorganizar o desktop (área de trabalho) regularmente;
  • Observar o funcionamento do equipamento para qualquer sinal de falha ou lentidão.

Tenha em mente que, no momento em que qualquer característica monitorada apresentar sinais negativos, profissionais de TI especializados deverão ser acionados para completar o trabalho ou fornecer uma manutenção adicional.

Desenvolva um programa de manutenção completo

É importante lembrar que a manutenção preventiva é apenas um dos tipos que deverão fazer parte do seu plano de redução de custos, que precisa incluir também a manutenção preditiva e a corretiva.

A manutenção preditiva é aquela realizada a partir do monitoramento do equipamento com antivírus, monitoramento de cpu, memória e disco e outros programas, que vão informar onde atuar para evitar possíveis falhas. Já a corretiva é aquela não planejada, que acontece quando o computador já falhou e precisa de reparos.

Ao usar a manutenção preventiva em conjunto com essas outras duas, você poderá controlar os custos no setor de TI, reduzindo ao máximo o tempo desperdiçado com equipamentos fora de funcionamento.

Se quiser otimizar  ainda mais os processos e automatizar a manutenção dos computadores e servidores conheça nossa solução de serviços gerenciados.

Curtiu nossas dicas? Leia também nosso post sobre Monitoramento da infraestrutura  e melhore ainda mais o desempenho na empresa!