Hoje em dia, a preocupação com segurança — principalmente nas empresas — tem sido cada vez mais frequente. Para quem busca proteger os funcionários ou para a família, por exemplo, uma solução muito usada é o monitoramento por câmeras.

Porém, nesse cenário, é necessário considerar a integridade dos dados e das imagens de forma que eles estejam sempre disponíveis para aqueles que tiverem permissão para acessá-los.

Uma solução bem prática e eficiente para isso é o armazenamento em nuvem. Além de ser um grande aliado para a segurança eletrônica da empresa, esse método também traz muitas vantagens. Quer entender melhor como isso funciona? Continue a leitura!

O que é monitoramento em nuvem?

Esse é um serviço muito útil para todas as empresas que contratam vigilância eletrônica e que têm câmeras instaladas. A nuvem atua como um imenso HD portátil, no qual você vai poder armazenar e ter acesso às gravações de onde estiver.

Com o sistema de monitoramento em nuvem, você vai conseguir assistir às imagens que serão transmitidas ao vivo e acessar as gravações de datas anteriores, podendo analisar o que aconteceu em determinado dia e horário com facilidade.

Da mesma forma que acontece com o armazenamento do seu computador ou celular, por exemplo, tudo que é gravado permanece no aparelho físico. Por meio da conexão com a Internet, esse material vai sendo transferido de forma automática para a nuvem.

Esse tipo de armazenamento é possível devido a um processo que envolve a gestão e a avaliação de aplicações, serviços e infraestruturas que estão alocadas no ambiente digital. A complexidade dessa operação tem aumentado graças ao volume crescente de acessos de usuários e de transações feitas todos os dias.

Assim, o monitoramento da infraestrutura na nuvem feito pela TI hoje em dia não é mais básico, pois já existem ferramentas no mercado que garantem uma abordagem bem mais segura e ampla.

Por isso, a TI tem que fazer um monitoramento mais abrangente e contínuo da arquitetura, a partir da análise do tráfego e do comportamento de todas as soluções usadas. Assim, consegue-se garantir que seja bem-sucedida a efetivação da computação na nuvem (cloud computing, em inglês) como ferramenta estratégica.

Por que realizar o monitoramento em nuvem?

Veja, a seguir, as vantagens de trazer o monitoramento em nuvem para a sua empresa!

Segurança das imagens

Uma empresa que conta com o armazenamento na nuvem sem dúvidas terá uma probabilidade bem menor de ter assaltos. Basta identificar, com adesivo ou placas, que as imagens das câmeras serão armazenadas em um servidor remoto.

Afinal, a maior parte desses assaltantes destrói imagens para assegurar a sua impunidade, a fim de evitar problemas com a justiça. Então, caso eles não possam ficar totalmente seguros, é provável que descartem a ideia do roubo.

Facilidade de acesso

Muitos pensam que vídeos de segurança são blindados, ou seja, que não podem ser destruídos. Mas não é bem assim que funciona, já que, mesmo que a gravação já tenha sido feita, ela pode simplesmente desaparecer.

Quando a empresa não tem um sistema de armazenamento em nuvem, os materiais podem ser roubados ou apagados. No entanto, quando se conta com esse serviço, mesmo que bandidos destruam a central de armazenamento físico, as imagens vão permanecer salvas online, podendo ser acessadas a qualquer hora e de qualquer local.

Assim, a empresa vai ter acesso a uma plataforma virtual para visualizar todas as imagens e dados ao vivo e na qual também é possível recuperar trechos das gravações.

Câmeras unificadas

A empresa que tem várias câmeras espalhadas pelo ambiente corporativo e até em outras unidades distantes sabe bem a dificuldade que é fazer a gestão de todo o sistema. Ao armazenar as imagens na nuvem, porém, esse problema é resolvido rapidamente.

Isso porque, quando as câmeras enviam as imagens para a web, é possível ter acesso a todas as gravações feitas de um mesmo dispositivo — ou, ainda, fazer a montagem de um mosaico com todas as imagens em uma tela só, deixando tudo bem unificado.

Muitos acabam passando pela situação de notar que a câmera estava parada apenas quando precisam de determinada gravação. O armazenamento em nuvem consegue prevenir esse tipo de problema, pois avisa quando a câmera para de funcionar.

Gravações de qualidade

É possível enviar vídeos e imagens em alta resolução para a nuvem. A empresa só vai precisar dos recursos corretos para isso, como um link de Internet com um rápido upload.

Como é feito o monitoramento em nuvem?

O monitoramento em nuvem é realizado por meio da conexão com a Internet. Dessa forma, tudo o que é armazenado vai sendo carregado de forma automática para a nuvem, garantindo a integridade das imagens e dados captados.

Portanto, a nuvem é nada menos que um servidor online que faz o armazenamento das imagens que foram captadas pelas câmeras. Desse modo, com esse monitoramento, consegue-se acompanhar as imagens ao vivo, em qualquer aparelho e de qualquer local. Basta ter conexão com a Internet.

O sistema de nuvem vai receber uma segunda imagem que foi captada pelas câmeras, uma vez que a primeira fica no armazenamento local. Lembrando que, caso haja alguma falha ou problema nas câmeras, rapidamente o usuário recebe a notificação, evitando que os dados sejam perdidos durante o envio para a nuvem.

Por fim, vale destacar que, além do monitoramento ao vivo, esse sistema permite acessar gravações das horas ou até dias anteriores. Isso porque ele conta com um histórico das gravações de acesso ilimitado e flexível.

Dessa forma, fica claro que o monitoramento em nuvem ajuda as empresas de várias maneiras. Além da segurança com as imagens e dados, como mencionamos, ele também permite que uma seguradora ou a polícia tenham acesso aos registros de forma fácil, por exemplo.

Sem contar que, com esse sistema, é possível criar autoridades distintas para cada usuário na empresa. Assim, muitos colaboradores podem apenas ver as imagens e dados, enquanto outros podem baixar arquivos e somente poucos podem deletar imagens e dados.

O monitoramento em nuvem é uma prática recomendável para qualquer empresa que use os benefícios dos serviços em nuvem, seja para manter o desempenho dos profissionais ou para garantir a segurança da infraestrutura. Desse modo, torna-se possível identificar problemas com antecedência e, com isso, implementar os processos de correção rapidamente.

E então, gostou e conhecer as vantagens do monitoramento em nuvem e deseja implementar esse serviço na sua empresa? Entre em contato conosco!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário