A transformação digital colocou a tecnologia da informação como ponto central das estratégias de empresas de todos os segmentos e portes. Seus ativos se tornaram indispensável para que o negócio otimizasse a sua produtividade, com agilidade e qualidade. A disponibilidade dessa infraestrutura pode definir o sucesso ou fracasso de uma companhia, por isso, é importante contar com uma empresa de suporte de TI para garantir o máximo de eficiência.

Mais do que consertar dispositivos ou intervir em ações pontuais, o suporte técnico de TI na transformação digital deve trabalhar de forma proativa, evitando problemas com monitoramento e automação, aumentando a disponibilidade da infraestrutura e mantendo as operações o máximo de tempo possível. É esse tipo de gerenciamento que garante que a empresa possa responder com agilidade às tendências de mercado e cumpra os seus prazos.

Neste post, vamos entender melhor a função do suporte de TI em uma empresa e o que deve ser avaliado na hora de contratar um parceiro especializado. Confira!

O que é o setor de suporte técnico de TI?

Podemos definir o setor de suporte de TI como a área que engloba todos os serviços que prestam assistência para o uso correto, a manutenção e a implementação dos ativos de TI em uma corporação. Pense em quantas atividades de sua empresa dependem do apoio tecnológico: por menor que ela seja, certamente necessita de internet e de algum sistema de gestão para realizar as suas atividades diárias.

Se pararmos para pensar nas atividades que dependem de apoio tecnológico para serem realizadas, chegaremos à conclusão de que até as mínimas coisas dependem dos ativos de TI. Você provavelmente utiliza uma estação de trabalho com internet, rede corporativa, softwares de gestão e de escritório, sensores integrados ao sistema, impressoras, scanners, softwares de videoconferência e banco de dados confidenciais, entre outros.

Mesmo as menores empresas precisam de suporte de TI proativo e disponível. Na maioria das vezes, acaba sendo mais barato para elas manter um suporte terceirizado do que uma equipe interna.

Como funciona esse setor?

Já sabemos da importância do suporte de TI, mas para que você faça uma boa escolha para a sua empresa, é importante contextualizarmos como é o funcionamento desse setor.

Se você fizer uma busca simples na internet sobre suporte de TI, provavelmente encontrará termos como help desk e service desk. Apesar das semelhanças entre eles, há algumas diferenças significativas. Entenda quais são:

  • help desk — é o atendimento de suporte em primeiro nível, ou seja, atende chamados mais simples ou focados em uma única plataforma, como dificuldade de acesso ao sistema de gestão ou a algum dispositivo;
  • service desk — aqui, há a alocação de demandas mais complexas, que exigem profissionais mais qualificados, com o atendimento de demandas específicas do setor de TI, como o auxílio estratégico na implementação e manutenção da infraestrutura de TI da empresa.

Outro fator importante que pode ser destacado em relação ao suporte de TI é que ele pode ser realizado de forma presencial ou remota, de acordo com as demandas da empresa.

Para os negócios que não contam com uma equipe de TI interna, por exemplo, o atendimento remoto é a melhor forma de agilizar o procedimento.

Como encontrar a melhor empresa de suporte de TI?

Agora que já entendemos o que é o suporte de TI e o seu funcionamento básico, vamos ao tema central deste post: o que deve ser analisado ao escolher um suporte de TI para uma empresa? Veja abaixo!

Defina as suas demandas

A primeira coisa que você deve fazer, antes de procurar por um fornecedor, é definir quais são as necessidades do seu negócio no que se refere o suporte de TI. Com a concorrência cada vez maior, muitas empresas oferecem os seus serviços antes mesmo de fazer um diagnóstico preciso sobre as necessidades dos clientes.

A melhor maneira de prevenir essa situação é com uma avaliação interna, que permita a identificação dos principais problemas, dúvidas e pontos que você gostaria que fossem melhorados. Isso será um excelente ponto de partida para a segunda fase, que é a avaliação das referências.

Busque por referências

A melhor maneira de buscar referências sobre uma empresa prestadora de serviço é entrando em contato com clientes atuais e antigos, preferencialmente com empresas que sejam do mesmo segmento e porte do que a sua.

Você pode visitar a área de clientes no site do suporte — se ela existir —, ou pesquisar a reputação diretamente na web, no Facebook, no Twitter e no site Reclame Aqui. Se conseguir entrar em contato direto com algum cliente do fornecedor de TI que pretende contratar, é possível fazer algumas perguntas.

  • Eles prestam um atendimento omnichannel?
  • São ágeis?
  • Qual é o tempo médio necessário para responderem?
  • Como é qualificação da equipe, tanto em termos técnicos quanto de atendimento?
  • Eles utilizam tecnologia de ponta?
  • Prestam um atendimento proativo, com monitoramento e automação?

Confira as certificações da empresa

Além das referências, é sempre bom analisar as certificações que o provedor tem, que sustentem os serviços oferecidos por ele.

Estamos falando de um serviço que requer muita qualificação e segurança para proteger as informações confidenciais. Nesse cenário, protocolos de segurança e uma infraestrutura certificada se tornam um diferencial em termos de qualidade e autoridade.

Pense no custo-benefício

Um erro muito cometido — principalmente pelas pequenas empresas, que têm o orçamento apertado — é o de colocar o preço como um fator decisivo na hora de escolher um serviço. Essa é uma avaliação que parte de um princípio equivocado, pois, como já falamos, com a concorrência cada vez maior, nem sempre os serviços que uma companhia oferece resolverá as demandas da sua.

Por isso, em sua avaliação, pense em custo-benefício, ou seja, avalie primeiro as suas necessidades, as referências dos clientes, as certificações e, depois, dentre as melhores opções, veja a que oferece as melhores condições e preços. Tente negociar a retirada dos serviços que a sua empresa não precisará do pacote e, assim, pagar apenas por aquilo que for usar.

Como vimos, contar com uma empresa de suporte de TI é essencial para as corporações que querem se adequar à transformação digital, pois são esses profissionais que manterão a disponibilidade da infraestrutura e a produtividade de seu negócio. Para que esse objetivo seja atingido, é importante dar preferência a provedores conceituados — como a GD Solutions, especializada no gerenciamento de TI.

A empresa trabalha com o monitoramento de ambientes físicos e virtuais, desempenhando o gerenciamento de servidores e sistemas. Oferece monitoramento com foco na saúde da sua infraestrutura de servidores, storages, redes, links e telefonia, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Gostou do post? Quer saber como contar com o melhor suporte de TI para a sua empresa? Entre em nosso site e conheça agora mesmo as nossas soluções!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário