Realizar o outsourcing de TI é uma medida importante para buscar uma série de vantagens para a sua empresa, desde a redução de custos com a realização de determinado serviço, a maior eficiência na adoção de determinadas ferramentas no seu ambiente organizacional, entre outros.

Esse tipo de contratação auxilia em uma melhor gestão de TI (conjunto de atividades, projetos e metodologias aplicadas com o objetivo de tornar as atividades do setor mais produtivas, eficientes e gerando diferenciais competitivos), facilitando o trabalho do gestor responsável. Por isso, é fundamental ter bons fornecedores de TI ao seu lado.

Mas, como fazer uma escolha que seja, de fato, vantajosa para sua empresa e trazer aquilo que você espera do serviço? Veja 7 pontos que devem ser considerados a seguir. Boa leitura!

1. Analise o nível de capacitação dos envolvidos

Principalmente quando falamos no setor de TI, a capacitação dos profissionais envolvidos é fundamental para a prestação de um bom serviço ou, então, implementação de soluções internamente. Sem isso, a tendência é que ocorram uma série de falhas e erros que podem comprometer os resultados que o seu negócio deseja.

Vamos supor que você esteja adotando uma solução de backup em nuvem. Se a migração não for realizada adequadamente, isso pode surtir efeito negativo, podendo ocorrer, até mesmo, perda de dados no processo. Quanto melhor for a capacitação dos envolvidos sobre o tema, maiores as chances de o processo ocorrer sem maiores problemas.

2. Verifique o histórico da empresa no mercado

Outro ponto importante a ser analisado é o histórico da empresa no mercado de TI. Ela é conhecida por atuar de forma segura, consciente e confiável com seus clientes? Ou há históricos de problemas relacionados com descumprimento de contratos, problemas de comunicação, falhas técnicas, entre outros pontos?

Você só conseguirá identificar esses pontos ao pesquisar sobre a reputação dela, se há reclamações em sites especializados, como fóruns de TI, sobre o tema específico do serviço que pretende contratar, e, até mesmo, em sites especializados em feedbacks, como o Reclame Aqui.

3. Exija tecnologias de ponta

Quanto mais atual forem as soluções adotadas pela empresa especializada em serviços de TI, melhores serão os resultados. Afinal, em um mercado no qual esse é um diferencial importante, se os seus parceiros não utilizarem aquilo que há de mais atual no mercado, prejudicará a experiência do seu negócio.

As tecnologias de ponta são importantes, também, porque elas tendem a ser mais seguras e, portanto, gerar menos vulnerabilidades para sua empresa de modo geral. Com isso, expõe-se menos o seu negócio à ação de cibercriminosos e, com isso, gerar uma maior proteção das informações ao longo do tempo.

4. Confira a existência do suporte técnico em caso de falhas

Toda solução de TI está, de alguma forma, suscetível a problemas que possam gerar necessidade em suporte técnico. Por isso, é fundamental que você avalie se a empresa oferece todo o apoio necessário para a resolução de problemas.

Isso perpassa questões importantes, tais como:

  • as equipes responsáveis pelo contato são, de fato, atenciosas em ouvir quais são as questões existentes?
  • os responsáveis pela realização do suporte dominam a área técnica?
  • a empresa presta suporte 24 horas por dia, 7 dias da semana, para resolver questões que possam vir a ocorrer fora do horário comercial?

5. Avalie o relato de outros clientes

Converse com outras pessoas que já contrataram a empresa que você está prospectando e verifique como foi a experiência deles, tanto em pontos positivos quanto negativos. Isso é fundamental para que possa identificar os prós e contras e verificar se está, realmente, realizando uma boa escolha.

Lembre-se de buscar mais de um relato, para verificar se há um padrão nos problemas, ou se foi um caso esporádico. O mesmo tipo de avaliação cabe quando falamos de pontos positivos, a fim de avaliar se, de fato, o negócio trabalha de forma eficiente de modo geral.

Isso é importante, até mesmo, na hora de decidir entre dois fornecedores que tenham boa reputação no mercado: ao analisar como foi a relação com outras organizações, você poderá fechar contrato com aquela que, de fato, tem maiores chances de superar às suas expectativas.

6. Confira a flexibilidade das soluções oferecidas

Um outro ponto importante quando falamos de aplicação de soluções e serviços de TI nas empresas é avaliar a flexibilidade sobre a adoção delas em seu negócio. Isso porque, quando falamos sobre tecnologias, não há uma única forma certa de uso delas de forma eficiente.

Muitas vezes, é necessário modificar os processos de implementação, para atender a demandas específicas internas, que não se repetem em outros cenários. Por exemplo, em algumas empresas, a migração para cloud computing pode ser feita em todos os setores.

Em outros casos, por questões intrínsecas da natureza do negócio, pode ser necessário que, em um primeiro momento, ocorra uma mudança em apenas um setor específico, acompanhando os resultados do processo, realizando adequações necessárias antes da implementação na empresa como um todo.

7. Avalie como a empresa investe em satisfação do cliente

Esse é um dos pontos que mais merece atenção e perpassa bastante o que falamos acima. Afinal, se a empresa tem como foco o anseio em melhorar a experiência do cliente e torná-la mais satisfatória, isso estará presente em todas as ações, desde as ferramentas escolhidas, até a forma como ela conversa com o usuário.

Por isso, é importante identificar até que ponto a empresa está comprometida em oferecer um melhor serviço e experiência para você. Isso é visível desde o primeiro contato, no qual ela buscará ouvi-lo e compreender quais as suas principais demandas e questões existentes.

Escolher fornecedores de TI é algo que merece atenção e cuidados para um melhor gerenciamento de serviços de TI, para garantir que está implementando as medidas essenciais para conseguir o sucesso do setor e, consequentemente, gerando diferenciais competitivos internamente.

Por isso, é fundamental que você observe os pontos que listei acima. Escolhas inadequadas podem gerar uma série de prejuízos e, portanto, considere as dicas anteriores. Tenho certeza de que utilizando esses critérios para sua escolha, conseguirá ter melhores resultados e alcançar as metas propostas.

Gostou deste conteúdo? Então aproveite e acompanhe outras dicas como essa assinando nossa newsletter.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário