Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

Entenda a importância da leitura para profissionais de TI

Entenda a importância da leitura para profissionais de TI

Com uma demanda crescente por serviços de tecnologia e gerenciamento da informação, ser profissional de TI atualmente é uma boa escolha, e as chances para bons profissionais destacarem-se nesse mercado são enormes. Há um problema, no entanto, que passa justamente por essa questão do “bom profissional”: a demanda aumenta a oferta e a oferta aumenta a concorrência. E, então, como manter um diferencial competitivo em meio a centenas de profissionais tão (ou mais) qualificados do que você?

A resposta para esse dilema está na busca por uma formação completa, que ultrapasse o conhecimento de tecnologia e novas ferramentas e valorize um profissional que programa, reduz custos, analisa, dá ideias para a expansão dos negócios, canta, dança, representa (e no momento está analisando algumas propostas). Exageros à parte, essa base mais sólida é essencial agora e, para falar dela, precisamos destacar a importância da leitura para profissionais de TI.

Você não gosta de ler? Leia este post e deixe que a gente te convença do contrário:

O cenário atual

A formação de profissionais de TI no Brasil ainda é um pouco fragmentada: existem várias modalidades de cursos superiores e técnicos, e ainda há os profissionais autodidatas, que conseguem trabalho a partir do que são capazes de fazer. Em todas essas modalidades, no entanto, o foco é em aquisição de conhecimento técnico apenas. Ainda que os cursos tenham algumas matérias de comunicação e expressão oral e escrita na grade curricular, é muito comum que essa seja a parte mais odiada pelos alunos, que acreditam — e dizem para quem quiser ouvir — que “não precisam ler e escrever para serem bons profissionais de TI”. É aí que está o maior erro deles.

Os problemas de não ler

Muitos pesquisadores se dedicam a estudar os efeitos do hábito da leitura no desenvolvimento neurológico e do pensamento crítico (quem diria, o povo de humanas também faz ciência!). Pergunte a qualquer professor acadêmico e eles confirmarão: ler mais ajuda a desenvolver a comunicação e a expressar-se melhor, utilizando a linguagem para alcançar objetivos específicos — ir bem numa entrevista de emprego, fazer um requerimento, escrever uma carta de reclamação (ou de amor). Não ler, ao contrário, dificulta muito o desenvolvimento dessas habilidades e, principalmente na área de TI, o resultado são profissionais que não conseguem se fazer entender, fechados no mundo do “tecniquês” e perdendo chances valiosas de evolução profissional.

A importância da leitura para profissionais de TI

Dito isso, fica justificada a importância da leitura para a construção de um profissional de TI que tenha desenvoltura para falar de vários assuntos e, eventualmente, torne-se um colaborador indispensável na empresa — porque tem habilidades técnicas e interpessoais. É preciso, também, lembrar-se de que a leitura é um hábito: por isso, “não gostar de ler” pode apenas significar que você não leu o suficiente.

Vale começar devagar, lendo livros de temas do seu interesse, técnicos ou não (de preferência, não técnicos). Como qualquer hábito, requer um pouco de disciplina no começo, com aqueles 15 minutos diários sagrados em que você vai ler qualquer coisa, de jornais, revistas de fofoca até livros sobre Hobbits. Com o tempo, vira uma atividade agradável, que te ajuda a desligar-se da rotina, distrair-se dos problemas e tornar-se uma pessoa mais interessante, com mais a dizer.

E aí, você gosta de ler? Acha que isso é um diferencial na sua vida profissional? Conte para nós e participe da conversa!