Você está tendo muitos problemas com o departamento de TI? Isso pode acontecer devido ao aumento de tarefas que são atribuídas ao setor atualmente. É importante saber também que existe uma solução para organizá-lo, bem como garantir transparência e estabilidade para as atividades.

A governança de TI é fundamental para quem deseja impulsionar os resultados da empresa com o apoio da tecnologia. Se você deseja reduzir custos, otimizar a segurança e garantir controle do que é feito dentro desse departamento, leia atentamente as dicas deste conteúdo. Boa leitura!

O que é governança de TI?

Atualmente, o objetivo das empresas não é mais lidar com a TI como se ela fosse meramente operacional. É preciso entender que o mercado já encara o setor como algo mais: um parceiro estratégico do negócio, que oferece insights e análises precisas para as decisões, além de, claro, manter tudo em dia e estável. Se a TI é estratégica, menos problemas operacionais ocorrem.

Assim, é possível evoluir o negócio por meio da tecnologia, investindo em abordagens que caracterizam o que as outras empresas já estão fazendo. Contudo, para alcançar esse nível de maturidade, investir em governança de TI é o necessário. Então, o que seria governança?

Basicamente, podemos conceituar o termo como um conjunto de práticas, estratégias e políticas que visam garantir a segurança, a organização e a administração correta dos recursos de TI de uma empresa. Em outras palavras, é um conjunto de padrões para assegurar que a gestão de TI seja a melhor possível, de uma maneira que gere valor real para o negócio.

Nesse sentido, a governança se preocupa com o monitoramento do cumprimento das regras e práticas estabelecidas. Essas regras se dividem em diferentes frentes, como:

  • gerenciamento da infraestrutura;
  • gerenciamento da segurança da informação;
  • gestão de ativos;
  • administração da rede e serviços;
  • gestão de projetos e de performance etc.

A finalidade é gerenciar globalmente a TI com foco em evolução e em qualidade. Da mesma forma, o propósito também é alinhar o setor às metas e à visão de negócio da empresa, avaliar indicadores e definir um planejamento estratégico.

É preciso identificar objetivos, mensurar resultados e estabelecer ações para alcançar o que foi planejado. Além disso, também há cuidado com o gerenciamento de riscos.

Quais as principais vantagens?

A seguir, vou esclarecer quais as principais vantagens da governança de TI.

Estabilidade

Uma das vantagens é a estabilidade do setor, que consequentemente gera estabilidade para o resto da empresa. Uma TI bem-gerenciada é transparente, organizada, com monitoramento constante dos resultados, da rede e da infraestrutura. Desse modo, a empresa mantém o ritmo de produção sem servidores caindo e sistemas fora do ar, o que garante a sustentabilidade do negócio.

Um dos aspectos relevantes é a necessidade de realizar manutenções. Com uma boa gestão de ativos e análise de indicadores, é possível controlar o ciclo de vida dos equipamentos e realizar reparações preventivas neles para que não atrapalhem a produtividade. Essa ação pode ser planejada e adicionada a um cronograma, a fim de se tornar uma rotina.

Produtividade

Se o setor de tecnologia está mais organizado, outra das principais implicações é o aumento de produtividade. A governança coopera para que o departamento entregue resultados com maior agilidade, já que elimina gargalos comuns de manutenções, quedas de servidores e transtornos com segurança.

Essa gestão permite que a equipe trabalhe mais com os mesmos recursos. Em outras palavras, essa organização gera maior eficiência.

A produtividade e eficiência não se limitam somente às equipes, mas também aos ativos. A gestão desses equipamentos possibilita que eles sejam aproveitados totalmente, com a alocação da capacidade deles para suprimento das necessidades da empresa. Assim, o retorno sobre o investimento é maior e a TI passa a dar lucro para o negócio.

Segurança

Quando falamos em governança, estamos falando de um foco maior na segurança de informação. Afinal, essa área é crucial para os bons resultados hoje. Com uma gestão voltada para a proteção, a empresa define políticas de defesa e estratégias a fim de prevenir problemas de vírus, ataques virtuais e perda de dados. Isso viabiliza aumento de produtividade também.

Além disso, a gestão global da TI permite coordenação das três frentes da segurança da informação:

  1. confidencialidade, com um controle organizado de quem acessa os dados importantes;
  2. disponibilidade, o que possibilita que as informações estejam sempre acessíveis em sistemas estáveis; e
  3. integridade, o que garante a saúde dos dados.

Esse controle favorece diminuição de custos com problemas dessa área e viabiliza compliance com leis de proteção e de privacidade, como a Lei Geral de Proteção de Dados.

Acompanhamento de resultados da área de TI

Outro grande benefício é o acompanhamento de tudo o que ocorre no setor. As ações e o planejamento são registrados em relatórios, o que facilita o controle da gestão, gerando uma visão mais completa e insights.

Com esse monitoramento, é possível administrar devidamente a TI e implantar medidas corretivas quando problemas forem identificados, bem antes que eles se tornem maiores e problemáticos demais.

Como tudo será devidamente registrado, o gestor consegue saber se os membros estão realmente cumprindo os papéis que foram delegados. A governança ajuda a assegurar transparência para o departamento, o que implica confiabilidade e previsibilidade de resultados.

Competitividade

Tudo isso contribui para que a empresa seja capaz de lidar com as demandas internas atuais — com sistemas estáveis, equipes produtivas e agilidade no fluxo produtivo —, mas também pensar no futuro, com maior proatividade e organização a fim de cumprir metas e objetivos.

O principal resultado é o aumento da competitividade, com a empresa se tornando mais confiável aos olhos de outras organizações e clientes para fazer negócios. Essa estratégia gera credibilidade e autoridade, e destaca a empresa no mercado, justamente pela forma como a TI coopera com os negócios e com o dia a dia.

Como uma consultoria pode ajudar?

Diante do que já vimos, ficou claro que a governança é uma estratégia crucial para o crescimento e sustentabilidade, mas que também é complexa. Por essa razão, é fundamental contar com uma empresa parceira que ajude a gerenciar a TI completamente.

Uma parceria é interessante, pois permite que os gestores se preocupem com outras questões do core business e menos com questões operacionais do setor de tecnologia. Assim, é possível garantir que não haverão erros e problemas de indisponibilidade, já que a parceira oferece a devida experiência e credibilidade.

Nesse contexto, a Global Data é a melhor opção de parceria. Com o seu apoio, as empresas garantem:

  • monitoramento de servidores, redes, links, telefonia e outros 24 horas;
  • alinhamento do setor à visão estratégica;
  • controle dos investimentos, o que maximiza o retorno com resultados positivos.

A Global Data auxilia com um leque de serviços efetivos e úteis: manutenção de computadores, gestão de ativos, políticas de segurança, com o gerenciamento de toda a sua infraestrutura de redes e servidores, entre outros.

A Global ainda oferece soluções modernas e poderosas, como a virtualização de servidores, para garantir disponibilidade e otimização do desempenho dos sistemas da sua empresa. Assim, é possível eliminar instabilidade e insegurança, com o objetivo de manter a TI funcional e saudável no dia a dia.

A governança de TI é uma função crucial a fim de garantir que os recursos do setor sejam bem-aproveitados. As vantagens vão de maior produtividade e segurança a aumento de competitividade e destaque no mercado.

Para aplicar suas práticas e gerenciar a TI globalmente, é importante contar com o apoio de quem realmente tem experiência no mercado e pode oferecer uma variedade de soluções efetivas para as suas demandas.

Gostou do conteúdo? Aproveite para entrar em contato conosco e começar a garantir resultados incríveis com sua TI.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário