A virtualização de servidores diz respeito a possibilidade de executar diversos sistemas operacionais em uma mesma máquina. Ocorre quando você cria uma versão virtual de um SO, um servidor ou um sistema de armazenamento, entre outros.

Para isso, os recursos de hardware são divididos em uma série de servidores virtuais. Essa ferramenta pode ser útil para desenvolvedores e, até mesmo, dentro do ambiente empresarial, conseguindo uma distribuição de desempenho mais eficiente.

Para que seja bem aplicado, é importante seguir alguns passos necessários para que a sua realização seja feita de forma a conseguir melhores resultados. Confira quais cuidados devem ser tomados e tire as suas dúvidas sobre o tema.

Faça o mapeamento dos riscos

Em toda mudança, é preciso avaliar quais são os riscos envolvidos e como amenizá-los para evitar que eles ocorram, além de saber como proceder em caso de problemas. É necessário avaliar quais são os fatores que podem causar impactos severos durante o processo e criar soluções para mitigar os problemas de forma rápida, criando planos de contingência.

O mapeamento, assim, consegue minimizar uma série de transtornos para a sua empresa. Por meio da criação da política de riscos, os gestores de TI sabem como agir em caso de problemas, minimizando as chances de ações erradas conduzirem a questões que possam prejudicar o uso dos servidores em seu negócio.

Monte um cronograma

A adoção de virtualização de sistemas exige que a sua empresa faça algumas mudanças e implementações de etapas estratégias. Para isso, além de realizar uma divisão consistente de etapas, é importante montar um cronograma consistente de aplicação.

Sendo assim, defina etapa a etapa do que deve ser feito e realize um agendamento em conjunto com seus gestores, de forma a criar um ambiente sinergético e no qual todos possam contribuir para a elaboração do calendário de implementação.

A migração completa pode durar entre dois e três meses, dependendo do quanto seja necessário realizar de adaptação de sites e servidores, bem como treinamento de recursos humanos. Sem um cronograma coeso e bem definido, o processo pode se estender mais ainda.

Por isso, é fundamental que os times, gestores e suporte estejam alinhados em relação a prazos, para minimizar o risco de atrasos que possam comprometer as suas mudanças de estratégia.

Priorize a segurança

Outro ponto fundamental é garantir a segurança no armazenamento das informações ao realizar a virtualização dos servidores, de forma a minimizar riscos de perdas e vazamentos ao longo das atividades.

Com isso, garante-se que as informações serão protegidas adequadamente. Além disso, a segurança de dados é um item fundamental para qualquer organização e deve ser observado para garantir um processo de virtualização eficiente.

Diante disso, é importante, também, avaliar se o seu negócio está com maturidade o suficiente nesse quesito para criar máquinas virtuais. Caso contrário, deve-se aplicar as medidas necessárias antes de realizar a mudança.

Simplifique os processos

Quanto mais simples forem os processos de virtualização, menores as chances de erros e falhas que podem afetar consideravelmente os recursos do seu negócio. Além disso, lembre-se de que se trata de um processo que pode levar a um alto investimento.

Por isso, é fundamental encontrar formas de simplificá-lo ao longo do tempo, tanto com recursos físicos quanto humanos. Com isso, você consegue gerar uma redução de custos, minimizar impactos negativos e garantir maior eficiência.

Treine os profissionais

Os profissionais que estarão em contato com os servidores virtuais precisarão de treinamento para poderem operar com os sistemas de forma eficiente. Isso garante uma redução nas dúvidas por parte daqueles que trabalharão com as máquinas virtuais, além de minimizar os erros e falhas que possam ocorrer no processo.

Além disso, a capacitação melhora o clima organizacional da empresa, já que os colaboradores se sentirão mais motivados com o novo conhecimento, bem como mais seguros para realizar as atividades internas. Isso é fundamental no ambiente.

Com o treinamento, é possível viabilizar o uso dos servidores virtuais mais rapidamente, minimizando possíveis dificuldades que possam enfrentar no processo de mudança. Também auxilia a evitar condutas que possam colocar as ações de segurança em xeque, melhorando a experiência como um todo.

Desenvolva uma forte infraestrutura

Para que as máquinas virtuais operem de forma adequada, é importante que a infraestrutura suporte a sua criação. Por isso, antes de aplicá-la, de fato, os gestores de TI devem avaliar quais recursos devem ser implementados para a sua adoção.

É importante definir as aplicações que serão utilizadas e quais são os requisitos mínimos para que todo o processo seja feito adequadamente. Caso contrário, a estratégia poderá ir por água abaixo — e o objetivo de reduzir custos se tornar justamente o oposto.

Para isso, é importante escolher a tecnologia que utilizará para melhorar o desempenho, além de reduzir complexidades e custos não só a curto, mas a longo prazo. Ou seja, é importante pensar na situação nos próximos anos.

Também é importante avaliar os fornecedores de servidores, a fim de não ter problemas com memória, capacidade de armazenamento e administração ao longo do tempo.

Tenha um gerenciamento da virtualização

Um gerenciamento proativo permite avaliar se os recursos necessários estão disponíveis, bem como fazer um monitoramento constante da infraestrutura. O gerenciamento anda de mãos dadas com uma boa avaliação de riscos.

Isso porque, quando ambos trabalham juntos, é possível realizar planos de contingência, de forma que, em caso de problemas, o core business do negócio não seja afetado a longo prazo.

O gerenciamento de servidores precisa ser eficiente para conseguir melhores resultados, minimizar erros e ter, de fato, uma otimização de desemprenho dentro dos níveis esperados para seu negócio. Interessante, não é mesmo?

Além de tudo o que falamos acima, é fundamental contar com o apoio de uma empresa especializada. Com profissionais especializados realizando o processo de migração, permite-se que ocorra uma melhor transição para o seu negócio.

Para isso, conte com a Global Data. Nossos profissionais podem auxiliar na adoção das máquinas virtuais em sua empresa e conseguir melhores resultados ao longo do tempo.

Entre em contato, converse com um de nossos atendentes e tire as suas dúvidas sobre o tema.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário