O SNMP (Simple Network Management Protocol) é uma maneira de diferentes dispositivos em uma rede compartilharem informações uns com os outros. Ele permite que os dispositivos se comuniquem, mesmo que sejam hardware diferente e executem software diferente.

Sem um protocolo como o SNMP, não haveria como as ferramentas de gerenciamento de rede identificarem dispositivos, monitorarem o desempenho e acompanharem as alterações na rede ou determinarem o status dos dispositivos de rede em tempo real.

Quer entender mais sobre esse assunto? Acompanhe este artigo!

Por que é importante contar com um protocolo SNMP?

Imagine que sua organização tem 1.000 dispositivos e você foi solicitado a verificar cada um deles todos os dias. Isso facilmente ocuparia todo o seu tempo e seria uma tarefa incrivelmente dispendiosa. Felizmente, o SNMP foi projetado para tornar as coisas muito mais fáceis.

Normalmente, o SNMP usa um ou vários computadores administrativos (gerentes) para supervisionar grupos de computadores em rede e dispositivos associados. Um programa de software em execução constante, denominado agente, fornece informações aos gerentes por meio de SNMP.

Os agentes criam variáveis ​​a partir dos dados e as organizam em hierarquias. As hierarquias, juntamente com outros metadados, podem ser tipos e descrições das variáveis ​​e são descritas por bases de informações de gerenciamento — bancos de dados virtuais hierárquicos de objetos de rede.

Como ele funciona?

Existem três componentes principais de uma rede gerenciada por protocolo SNMP. Eles são os dispositivos gerenciados (roteadores, servidores, switches, etc.), agentes de software e um sistema de gerenciamento de rede — pode haver mais de um sistema de gerenciamento em uma determinada rede gerenciada. Aqui está um pouco mais de detalhes sobre os 3 componentes do SNMP:

  1. sistema de gerenciamento de SNMP: é um sistema centralizado de monitoramento da rede. Também é conhecido como Network Management Station (NMS);
  2. agente SNMP: é um módulo de software de gerenciamento de software instalado em um dispositivo gerenciado. Dispositivos gerenciados podem ser dispositivos de rede como PC, roteador, switches, servidores etc.;
  3. base de informações de gerenciamento: consiste em informações sobre os recursos que devem ser gerenciados. Essas informações são organizadas hierarquicamente.

O que pode ser configurado ou monitorado via SNMP?

O SNMP é muito simples, mas poderoso. Ele tem a capacidade de ajudá-lo a gerenciar sua rede das seguintes formas:

  • fornece habilidades de leitura/gravação — por exemplo, você pode usá-lo para redefinir senhas remotamente ou reconfigurar endereços IP;
  • coleta informações sobre quanta largura de banda está sendo usada;
  • coleta relatórios de erros em um log, útil para solucionar problemas e identificar tendências;
  • envia um alerta por e-mail quando o servidor estiver com pouco espaço em disco;
  • monitora o uso de CPU e memória de seus servidores, e alerta quando os limites forem excedidos;
  • pode realizar polling ativo, ou seja, a estação de monitoramento pede o status dos dispositivos a cada poucos minutos;
  • os dispositivos podem enviar alertas para uma estação de monitoramento em condições de erro.

Como extrair o melhor do protocolo SNMP?

O SNMP reúne todos os dados de muitos dispositivos e permite colocar esses dados em contexto, o que, por sua vez, possibilita o rastreamento de problemas e a tomada de decisões com base em dados reais. É disso que trata o gerenciamento de rede. E é por isso que os administradores de sistemas lucrarão com o uso de SNMP para monitorar redes.

Mas há mais do que isso. Adotar uma ferramenta de monitoramento adequada também ajudará a obter o máximo dos dados que os administradores recebem graças ao SNMP e capacitará cada administrador de rede a monitorar e gerenciar suas redes em tempo e de maneira proativa.

Pode ser uma aventura acompanhar a vasta quantidade de dispositivos que as redes modernas abrangem. Idealmente, a partir do protocolo SNMP, as soluções de monitoramento fornecem suporte aos administradores, oferecendo uma maneira adequada de estruturar e agrupar dispositivos e apresentando uma visão geral clara que permite entrar em detalhes sempre que necessário para garantir a integridade geral do sistema.

Precisando de uma ajuda para otimizar a gestão de rede na sua empresa? Entre em contato com a gente e saiba como podemos ajudá-lo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário