Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

7 motivos para fazer backup na nuvem

4 motivos para fazer backup na nuvem

 

A era da Big Data trouxe um novo desafio para companhias do mundo todo. Com cada vez mais dados sendo gerados por funcionários e clientes, as organizações precisam lidar com a crescente necessidade de armazenar muitos terabytes de informação com segurança. Nesse cenário, os serviços de backup na nuvem surgiram como uma alternativa viável, barata e prática de ser instalada.

Muitas pessoas já adotam esse tipo de serviço como uma forma segura de acessar seus dados em vários dispositivos ao mesmo tempo, por um baixo custo. Mas para companhias, em especial, o cloud backup é ainda uma ferramenta de cópia, recuperação e restauração de dados bem prática e segura.

Neste post, listei as principais vantagens que essa solução pode oferecer, para mostrar a importância dessa ferramenta no mercado atual. Continue lendo para conferir!

Por que devo investir em backup?

Com a transformação digital em pleno crescimento e o aumento do volume de dados sendo produzido dentro das empresas, não investir em um backup é assumir um risco desnecessário. Não importa o seu segmento: todos os negócios estão se tornando dependentes de suas infraestruturas de TI, e cabe ao gestor garantir que esses sistemas estejam sempre acessíveis.

A indisponibilidade de um sistema corporativo pode fazer uma empresa perder vários contratos, produtividade e receitas. Por isso, é fundamental começar hoje mesmo a adotar as estratégias necessárias para garantir uma alta disponibilidade da infraestrutura — e o backup em nuvem é uma das principais delas.

Quais são os benefícios de contar com o backup na nuvem?

Agora que você já entende melhor a importância de um backup, vejamos quais são as vantagens de contar com um serviço de nuvem para essa finalidade!

1. Maior velocidade na recuperação de arquivos

Uma das principais funções de uma solução de backup é permitir a restauração de uma informação apagada com facilidade. Pois, com o backup na nuvem, é possível fazer a cópia e a recuperação dessas informações em qualquer lugar do mundo, bastando ter acesso à internet.

2. Baixo custo

Grandes, pequenas e médias empresas de sucesso têm uma característica em comum: seja qual for a situação dos seus mercados de atuação, elas sempre estarão em uma busca constante de racionalização dos gastos. Nesse sentido, o backup na nuvem permite que gerentes de TI aumentem a segurança dos seus dados sem que precisem perder tempo com a compra e a conservação de servidores dedicados ou mídias de armazenamento, reduzindo o custo total para ter as informações corporativas em segurança.

3. Mais segurança

Um bom serviço de backup não é apenas barato, mas também é seguro. Hoje, todas as grandes ferramentas de cópia de dados fazem transmissões utilizando conexões seguras, que transferem os arquivos criptografados para um servidor onde somente o dono dos dados terá acesso direto a eles.

Além disso, empresas de backup na nuvem costumam armazenar os arquivos de seus usuários em servidores espalhados pelo mundo. Assim, ainda que um data center seja prejudicado por alguma tempestade que cause falha de conexão, por exemplo, ainda é possível manter o acesso aos dados mais importantes da sua empresa.

4. Maior flexibilidade

Uma vez que um serviço de backup é configurado, ele fará o versionamento dos arquivos sempre que ocorrer qualquer mudança. Isso garante às empresas que estão distribuídas em diversos locais mais confiabilidade e segurança de dados. E, ao permitir que gestores de TI “configurem e esqueçam” a necessidade de realizar novos backups, a empresa ainda tem a oportunidade de focar os seus recursos e esforços em atividades de maior prioridade.

Além disso, o cloud backup tem maior escalabilidade, e a maioria das suas soluções são estabelecidas por meio de contratos “pague pelo que usar”, o que otimiza a administração desse investimento conforme a companhia muda e cresce. Seja em uma organização com capital curto, seja em uma grande instituição, o backup na nuvem consegue se encaixar nas planilhas de gastos sem representar um grande consumo de recursos financeiros.

5. Facilidade de gerenciamento

O aumento da produção de dados pelas empresas, com a transformação digital, fez com que gestores fossem na busca de alternativas para simplificar a gestão. Basicamente, o objetivo é produzir mais sem ter que aumentar os custos. Isso significa que, quanto mais fáceis e corretos forem os processos, menos erros acontecerão. E, com menos erros, a empresa aumenta a sua produtividade, ficando mais próxima de atingir os seus objetivos a médio e longo prazo.

O backup na nuvem ajuda o gestor nesse planejamento estratégico, tornando as políticas relacionadas ao TI muito mais dinâmicas e simples. Isso é possível graças ao modo como a infraestrutura de computação em nuvem é criada. Sua flexibilidade permite que a empresa consiga modificar as suas regras de maneira rápida, sempre se adequando as necessidades de momento — mudanças de legislação, controle de acesso, atualizações etc.

Da mesma maneira, as alterações de recursos em relação ao backup serão feitas de forma automática, de acordo com a demanda, fazendo com que a empresa mantenha a sua produtividade fluida. O resultado é uma maior foco no core business, pois a gestão e o backup de dados se tornará mais confiável e eficaz.

6. Possibilidade de integração com outros serviços

A nuvem é um ambiente que comporta uma infinidade de serviços e, como o backup oferece muito mais flexibilidade e agilidade do que o modelo tradicional, o gestor pode utilizar os dados armazenados de forma integrada com esses outros serviços. Tal integração permite, por exemplo, que a empresa utilize essas informações como base para a tomada de decisões estratégicas.

Além disso, como o backup é um armazenamento criado a partir de múltiplas fontes, o gestor será capaz de gerar relatórios e fazer análises de negócios mais certeiras. Também, poderá contar com uma interface intuitiva, que permite o gerenciamento de recursos e de processos que facilitam a estruturação e organização dos conteúdos.

7. Agilidade na implementação

Um dos pilares da transformação digital — e o que faz a computação em nuvem tão popular — é sua agilidade. Na nuvem, a infraestrutura já está pronta, apenas esperando pelos usuários. Isso significa que não há a necessidade de perder tempo com a implementação de um sistema.

A realização de um backup interno, feito com equipamentos dentro da empresa, demanda toda uma estrutura. Além dos equipamentos físicos, o gestor terá que manter uma equipe só para fazer a manutenção. Já o backup em nuvem pode ser implementado em minutos, bastando que o gestor escolha o provedor e analise o SLA.

Enfim, podemos ver que o backup na nuvem é a resposta dada pelas tecnologias de cloud computing para a necessidade que empresas já tinham de manter os seus dados seguros sem precisarem realizar grandes investimentos em equipamentos de armazenamento, perdendo recursos com logística e administração. Sabendo disso, a GD Solutions trabalha com o que há de mais moderno em gerenciamento de backup, e conta com uma equipe preparada para tirar as suas principais dúvidas sobre o assunto.

Então, se você pretende migrar para a nuvem e não sabe por onde começar, entre em contato com ou um de nossos especialistas e comece o mais rápido possível!