Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

Princípios e ferramentas para um bom gerenciamento de TI

Princípios e ferramentas para um bom gerenciamento de TI

Somente conhecimento técnico é insuficiente para um papel de liderança, É muito importante saber gerenciar pessoas e processos.

Para gerenciar um departamento de TI, ter competências de gestão de negócios são importantes para uma gestão eficiente. Mas se adicionarmos o stress da carga de trabalho, a complexidade e a rapidez com que surgem novas tecnologias, além da habilidade necessária para administrar uma variedade de sistemas, as coisas mudam.

Se você é Júnior ou Sênior no cargo, usando princípios de gerenciamento e um software de gestão você terá mais tempo para gerenciar seu departamento de TI e perderá menos tempo em apagar incêndios. Use a tecnologia com sabedoria, pois a organização ajuda a manter o foco no negócio, a melhoria dos serviços internos e externos além de valorizar seu departamento e sua equipe.

Base da Governança de TI, o Gerenciamento de TI

Segundo a Gartner, “Governança de Ti é um conjunto de processos que garantem a utilização da Ti de forma eficiente e eficaz permitindo a empresa alcançar seus objetivos”. Normalmente a Governança de TI é de responsabilidade dos Gestores, mas o Gerentes de TI podem e devem utilizar os princípios de governança para administrar a equipe de TI e evoluir.

Dependendo do tamanho da sua empresa, você pode sugerir ao CEO ou CTO colocar em pratica uma estrutura de governança de TI formalmente, como por exemplo o COBIT “Control Objectives for Information and related Technology”. Se é somente você quem comanda a TI, ao invés de adotar o quadro altamente estruturado, mantenha uma lista de orientações úteis para lembra-se do que você “Gerente da Ti” deve se concentrar e manter o foco seguindo parte deste Framework.

  • Alinhar a TI com os objetivos globais da empresa. Em outras palavras, certifique-se que está na mesma página que o resto da empresa, comunicando-se regularmente com os executivos da empresa. Certifique-se de que o que você está fazendo é ajudar a empresa a alcançar seus objetivos.
  • Certifique-se de seus projetos e investimentos sejam entregues com o resultado prometido no início. Isso requer acompanhamento e monitoramento. Quando algo está beneficiando claramente a empresa, procure mante-lo; e se algo ou alguém não está entregando os resultados que você está procurando, se livre deles.
  • Gerencie seus recursos com sabedoria, incluindo seus funcionários. Procure maneiras de tirar proveito de seus pontos fortes individuais.
  • Conheça e gerencie os possíveis riscos que sua empresa poderá ter que enfrentar. Aproveite o tempo para compreender os riscos envolvidos em cada área de suas operações e fazer tudo o que puder para minimizá-los. Mantenha-se atualizado sobre as últimas ameaças cibernéticas e de  novas regulamentações que seu segmento deverá seguir.
  • Acompanhe o seu  próprio desempenho usando métricas para demonstrar o valor do seu departamento para a empresa. As métricas tem a vantagem de lhe dizer se você está cumprindo suas metas de desempenho e que áreas precisam de atenção.

Software para um gerenciamento de TI eficiente

Vamos partir do principio que não existe melhor software para gerenciamento de Ti, e sim o melhor software para gerenciamento de Ti para sua empresa, por tanto, a escolha deste ou qualquer software é deve ser feito com critérios e visto como um projeto.

Existem diversas soluções no mercado para pequenas, medias e grandes empresas. Separei duas que considero viáveis para empresas de pequeno e médio porte e outras para grandes empresas.

Soluções para SMB. Empresas de pequeno e médio porte

Spiceworks => Saiba mais

Solução gratuita, eles rentabilizam através de propagandas dentro do software. Tem opção de pagar uma mensalidade e eliminar a publicidade.

Recursos: monitoramento de rede, inventario de hardware e software e help desk. Excelente opção para SMB.

Panorama9 = Saiba mais

Solução completa e paga. Plataforma em cloud, O preço é por dispositivo, ou seja, ajusta-se independente do tamanho da sua empresa.

O diferencial de ser em Cloud e pay as you go, é que alem dos recursos padrões, ele possui gerenciamento de compliance e vulnerabilidades microsoft e não microsoft. Vale a pena avaliar já que  tema  possibilidade de fazer um trial durante 30 dias.

Tenho uma lista enorme mas para quem não tem nenhum controle essas duas são excelentes opções. Depois temos players como a Solarwinds, Manage Engine, Kaseya entre outros mas já são modulados, requerem um pouco mais de experiencia na sua implantação e custos mais elevados. Mas dependerá muito da sua necessidade e perfil de empresa. Estes também valem a pena serem analisadas.

Soluções para grandes empresas

As soluções para grandes empresas já são mais complexas, pois dificilmente uma única atende todos os requisitos de cada departamento dentro da Ti e muitas vezes são necessárias um conjunto de ferramentas para atender as necessidades ou setores específicos.

Dividem-se basicamente em soluções para: Auditoria, Inventario de software e hardware, monitoramento de aplicações, monitoramento de redes, gestão de desktops e por ai vai.

As mais conhecidas e usadas são a IBM Tivoli  com versão SaaS e as Soluções HP Enterprise.