Todo gestor que se preze está sempre preocupado com o nível de capacitação dentro do seu negócio. Isso envolve não somente as suas próprias qualificações e certificações, por exemplo, mas também os meios de fazer os profissionais sob a sua liderança cada vez melhores.

É nesse sentido que surge o conceito de educação corporativa. Neste post, falaremos mais sobre a sua definição, além da sua relação com a tecnologia da informação e como isso gera mais produtividade para os negócios. Boa leitura!

O que é educação corporativa?

A educação corporativa pode ser definida como um conjunto de ações de desenvolvimento de profissionais, com a aquisição de novas habilidades e a incorporação de práticas destinadas a modernizar as rotinas do negócio.

Assim, ela provê ferramentas para que os funcionários executem seu trabalho de maneira otimizada — o que confere uma vantagem competitiva relevante. No mercado atual, a educação corporativa agrega tanto práticas dos recursos humanos como do setor de TI, por exemplo.

Um exemplo de empresa que investe adequadamente em educação corporativa é aquele negócio que promove treinamentos e capacitações personalizadas de acordo com as demandas de cada setor. Além disso, seus gestores também ouvem as pessoas que trabalham ali, adotando novas perspectivas.

Ela vai além da simples qualificação técnica dos profissionais, uma vez que também proporciona ações que impactam diretamente no futuro do negócio, como o recrutamento de novos trabalhadores e a adoção de ferramentas tecnológicas. Além disso, também envolve outras competências, como:

  • desenvolvimento de um espírito de liderança dentro das equipes;
  • melhoria na gestão de relacionamento com o cliente;
  • governança corporativa.

Qual é a relação entre TI e educação corporativa?

Como abordamos no tópico anterior, a educação no meio corporativo tem como principal objetivo desenvolver e capacitar os colaboradores de acordo com as estratégias adotadas pela empresa para crescer e melhorar seus resultados.

Assim, quando uma empresa investe em tecnologia para desenvolver a educação corporativa, ela ganha uma vantagem competitiva relevante. Isso porque ela passa a contar com soluções modernas e treinamento qualificado para que seus profissionais se destaquem no ramo de atuação no qual ela atua.

Além disso, os gestores também sinalizam aos colaboradores que a empresa acredita no potencial da sua equipe e investe nessas pessoas. Ela demonstra que um dos seus pilares é deixar seus funcionários preparados para atuar em qualquer função.

Isso motiva os trabalhadores e enriquece os seus currículos, gerando uma produtividade maior. Ao unir TI e educação corporativa, tanto a empresa como os seus colaboradores saem ganhando. Como se não bastasse, ao buscar soluções tecnológicas, os líderes ainda modernizam o negócio e agregam esse comportamento à cultura organizacional.

Essa união também influencia no futuro do negócio. Afinal, ao investir em tecnologia na educação corporativa, a empresa se mostra pronta para receber os profissionais da nova geração, que já estão inseridos em um contexto no qual o domínio de novas ferramentas é imprescindível para gerar os melhores resultados.

Por fim, vale dizer que a aliança entre TI e educação corporativa também significa a adoção de softwares e tecnologias diversas, não se limitando ao treinamento de colaboradores. Isso enriquece a estrutura da empresa e a prepara para novos desafios.

Uso dos conhecimentos adquiridos para elevar a produtividade

Com investimentos adequados na educação corporativa da empresa, será possível desenvolver a equipe de forma uniforme. Uma boa ideia é colocar os novos conhecimentos à prova. Isso pode ser feito por meio da delegação de novas responsabilidades e o estabelecimento de programas de mentoria.

Assim, colaboradores mais experientes ou parceiros externos orientarão profissionais mais novos para que a produtividade se mantenha constante. Por isso, podemos dizer que um dos principais diferenciais da educação corporativa está na capacidade de prover uniformidade.

Isso porque os treinamentos, o investimento em TI e a produção de conhecimento tornam os colaboradores cada vez mais capacitados. Dessa forma, a montagem de equipes se torna bem mais fácil, já que cada profissional contribuirá de forma relevante para a execução das atividades.

Quais são os benefícios de se investir em TI?

Como a tecnologia está presente em praticamente qualquer segmento hoje em dia, o investimento em soluções digitais é crucial para a empresa crescer. Agora, mostraremos algumas das vantagens de fazer isso.

Escolha de soluções digitais e ferramentas de acordo com as necessidades

Para aliar TI e educação corporativa de uma forma precisa, é crucial que a empresa considere os desafios vividos pelos próprios colaboradores e as metas de crescimento do negócio. Portanto, a primeira etapa é mapear os problemas que impedem o progresso.

Uma boa ideia é buscar consultoria especializada na área, até mesmo como uma forma de enriquecer os conhecimentos do time. Esses parceiros oferecerão um olhar externo e uma nova perspectiva sobre as atividades que a empresa conduz, e essa visão poderá ser agregada às metas do negócio.

Além disso, como o próprio título do tópico indica, o investimento em TI é crucial para potencializar as atividades-fim da empresa. Muitos colaboradores acabam sendo desperdiçados em tarefas puramente manuais em frente ao computador, por exemplo.

Esse tipo de trabalho pode ser automatizado, garantindo uma produtividade elevada e um tempo maior para que funcionários de alto nível trabalhem em outras frentes. Assim, a empresa consegue melhores resultados financeiros e ainda consegue expandir sua atuação.

Desenvolvimento de habilidades técnicas e de gestão

Com o investimento em TI e educação corporativa, os colaboradores são submetidos a novas ferramentas e a diferentes maneiras de realizar o seu trabalho. Isso faz com que eles atualizem seus conhecimentos e se tornem profissionais mais completos e sintonizados com o mercado de trabalho atual.

Isso favorece a autonomia dentro da empresa, já que os funcionários estarão habilitados a realizar outras atividades. Para garantir um time cada vez mais qualificado, é uma boa ideia investir em aprendizados relacionados às demandas da empresa e realizar planejamentos estratégicos.

É comum encontrar empresas cujas atividades acabam desandando sem a presença dos seus gestores. Com tecnologias e treinamento, isso tende a não acontecer, uma vez que a empresa terá agregado conhecimentos extras ao seu time.

Gestores mais conscientes da situação atual da empresa

Com investimentos em educação corporativa e tecnologia, os gestores poderão comparar os novos resultados com períodos anteriores. Isso fornece uma visão mais ampla das habilidades de cada profissional, mas também das lacunas produtivas que a empresa precisa enfrentar.

Dessa forma, será possível indicar soluções de capacitação e desenvolvimento de acordo com os perfis das pessoas que compõem a empresa. Isso influenciará até mesmo a política de captação de novos funcionários, que será mais precisa e de acordo com as necessidades do mercado atual.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre como conseguir soluções de TI para proporcionar educação corporativa dentro do seu negócio? Então, entre em contato conosco!