Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

Saiba quais as soluções de TI para PMEs

Saiba quais as soluções de TI para PMEs

Empresas de pequeno e médio porte muitas vezes possuem dificuldades para investir em tecnologia. Com orçamento reduzido, líderes empresariais evitam adquirir novos equipamentos, fazer o licenciamento de softwares corporativos ou mesmo contratar novos profissionais. Entretanto, com planejamento e um olho atento às tendências da área, é possível encontrar soluções com um bom custo-benefício e que possam agregar valor ao negócio.

Quer saber quais são as mais populares? Então veja a nossa lista abaixo, com quatro soluções de TI para PMEs!

1. Computação na nuvem

A computação na nuvem tornou-se uma das principais tendências em TI dos últimos anos. As plataformas de serviços executadas em servidores remotos possuem alto nível de segurança, são escaláveis e podem ser adaptadas a vários setores. Além disso, os modelos de negócio mais flexíveis tornam a sua contratação mais simples, permitindo que empresas com recursos orçamentários reduzidos utilizem sistemas complexos com facilidade.

Nesse sentido, podemos destacar várias ferramentas em TI que tornaram-se mais acessíveis graças ao cloud computing. Plataformas que executam a venda de softwares como serviços, por exemplo, tornam o licenciamento de soluções corporativas mais simples. Já o uso de máquinas virtuais permite a criação de ambientes seguros para a execução de testes de software ou sistemas legados.

Os serviços de cloud storage e backup remoto dão mais flexibilidade e confiabilidade para as políticas de armazenamento de arquivos. Assim, a empresa pode manter a sua competitividade em constante crescimento e a sua cadeia operacional mais eficaz e moderna.

2. Outsourcing em TI

O outsourcing em TI, junto com a computação na nuvem, é um outro modelo de negócios que facilita a adoção de serviços que normalmente exigem grandes investimentos. Nesse caso, ele está disponível em dois tipos de modelo de negócios: contratação de especialistas e aluguel de equipamentos de TI.

No primeiro caso, a empresa diminui os seus custos administrativos e passa a ter, dentro do ambiente corporativo, o auxílio de técnicos e analistas. Eles atuarão criando rotinas mais eficazes, realizando a manutenção de equipamentos e suporte aos usuários. Já o outsourcing de equipamentos de TI torna o uso de equipamentos de ponta mais econômico e o orçamento do setor mais preciso.

3. Sistemas de monitoramento

Os sistemas de monitoramento são indispensáveis para garantir a eficácia de qualquer política de gestão de TI. Conforme a empresa cresce, os técnicos devem redimensionar as suas políticas para garantir que todos os ativos digitais sejam protegidos contra ataques diversos. Nesse cenário, os sistemas de monitoramento permitem o acompanhamento em tempo real dos recursos da empresa, o que facilita a criação de rotinas de segurança e a correção de falhas diversas.

4. Internet das Coisas

A Internet das Coisas é uma das várias apostas em TI para os próximos anos. O uso de wearables (os chamados gadgets vestíveis), sensores e outros dispositivos inteligentes aumenta o conhecimento sobre a cadeia operacional da empresa.

Dessa forma, gestores podem entender melhor as falhas nos seus processos internos, criar políticas mais eficazes e gerenciar com mais precisão os serviços do empreendimento. Além disso, com dados mais precisos, o gestor torna o seu processo de tomada de decisões mais eficaz e dinâmico.

E você, conhece outra solução de TI para PMEs? Conte para a gente! Compartilhe sua experiência!