Entre em contato

© GD Solutions. Todos os direitos reservado. By Next4.

Soft Skills são mais difíceis de encontrar que as Hards Skills

Soft Skills são mais difíceis de encontrar que as Hards Skills

Tente sempre manter o equilíbrio entre Soft Skills e Hard Skills

Os profissionais de T.I. de modo geral estão em alta, principalmente nas áreas de Big  Data, desenvolvimento de aplicativos para mobile, segurança da informação entre outros. De fato existe mais demanda do que oferta, devido a falta de qualificação ou por falta de alinhamento, conhecimentos e experiencia vs benefícios.

Mas o mais difícil é encontrar profissionais com “soft skills”, que são as habilidades leves ou básicas, pois justamente são as habilidades mais difíceis de encontrar e muito mais difíceis de ensinar e desenvolver do que as “hard skills”.

Uma pesquisa feita pelo SHRM “Sociedade de Gestão de Recursos Humanos” as maiores lacunas de competência na contratação foram:

  • pensamento crítico / resolução de problemas (40%)
  • profissionalismo / ética de trabalho (38%)
  • liderança (34%)
  • comunicações por escrito (27%)

Este resultado é muito convincente porque nos últimos anos, nossa área de RH tem o desafio de encontrar profissionais com equilíbrio destas habilidades. Muitas vezes não são apenas conhecimentos técnicos que precisamos, e devido a esta dificuldade, nosso processo de seleção mudou e tornou-se mais objetivo na primeira entrevista. Primeiro avaliamos qual nível de “soft skills” necessários para determinada vaga e se o candidato possui ou não. Dependendo do resultado avaliamos suas competências técnicas “Hard Skills”.

Soft Skills, começe pela habilidade de saber ouvir

Um dos melhores caminhos para torna-nos melhores comunicadores é enfatizar a habilidade de ouvir. A seguir 3 coisas que você tem que ter em mente:

  • Aguarde até que a pergunta seja feita. Mesmo se você ache que sabe qual é o problema, espere pacientemente enquanto o usuário retransmite para você. Se você começar a oferecer soluções antes que seja explicado o problema, os usuários sentirão que não estão sendo ouvidos, e ainda existe a possibilidade de estarem solicitando algo diferente do que você pensou.
  • Repita a pergunta. Tenha certeza de que você está na mesma sintonia, antes de começar a oferecer as soluções. Peça esclarecimentos. Uma frase que você pode usar é: “Então, se eu entendi corretamente, você está tentando …” Isto faz uma verificação final para o entendimento da situação.
  • Incentive a mostrar e não a falar do problema. A comunicação melhora se os usuários mostrarem o que eles estavam fazendo ou tentando fazer quando o problema ocorreu. A maioria dos usuários têm um vocabulário técnico limitado, portanto, essas demostrações podem ser úteis para que você veja como os resultados esperados(o que você acha que é) e os resultados reais(o que realmente é) não se alinham.